Câmbio 20/07/2018 R$ 3,81

O que fazer em Ushuaia no verão

O que fazer em Ushuaia no verão

No extremo sul da Argentina, os verões na cidade de Ushuaia são um tanto peculiares. Com temperaturas que dificilmente passam dos 15 graus nos meses mais quentes, é bom estar sempre agasalhado para aproveitar suas atrações. Ainda assim, abuse do protetor solar e mantenha os lábios sempre hidratados. Esta época é a melhor para curtir as atrações a seguir.

Centro da cidade
Com 56 mil habitantes, Ushuaia é a cidade mais populosa da Terra do Fogo. Cercada de montanhas, lagos e com o oceano à frente, ela é pequenina e charmosa, com basicamente duas ruas principais Ponto de saída para os navios que vão para a Península Antártica (se tiver com tempo, tente cacifar um roteiro com desconto para o continente gelado nas agências locais), a cidade tem boa infraestrutura turística. Há de hotéis de luxo a hostels para mochileiros, restaurantes e lojas de lembrancinhas. O Museu do Presídio guarda as recordações do tempo em que a cidade era apenas uma colônia penitenciária - nada de espetacular. Aerolíneas Argentinas (aerolineas.com.ar) e Latam (latam.com) voam para lá. 

Canal Beagle
A navegação pelo Canal Beagle até a Ilha Los Lobos é um clássico de Ushuaia. O roteiro inclui a ilha Los Pájaros, com colônias de aves, e o Farol les Eclaireurs, apelidado de Farol do Fim do Mundo. A aventura dura cerca de 3 horas e custa em torno de R$ 100. Na ilha Los Pájaros, não se engane: quem mora ali são cormorones, não pinguins. As aves são bem parecidas, com uma diferença fundamental: os cormorones podem voar. 

Pinguinera
Outro tour tradicional em Ushuaia é para a pinguinera, a colônia de pinguins da Isla Martillo. Fique atento na hora da compra: muitas empresas não incluem o desembarque na ilha. O passeio com ingresso para a colônia custa em média R$ 300.

St. Christofer
O St. Christopher foi um dos navios britânicos presentes no Dia "D" - a invasão dos aliados na Normandia na Segunda Guerra Mundial, em 6 de junho de 1944. Depois de ter feito parte da história, o barco de resgate foi passado para os americanos - uma falha no motor o deixou encalhado em Ushuaia, próximo à beira-mar. Basta uma caminhada para observá-lo.

Off-road 
Veículos 4X4 levam para um passeio de dia inteiro que cruza montanhas e estradas (algumas vezes, apenas caminhos sem pavimentação) até o Lago Fagnano - as vistas são inesquecíveis. Os guias preparam o almoço (delicioso) no caminho. A Excursiones en Ushuaia oferece o pacote a partir de 2.200 pesos argentinos (cerca de R$ 470) por pessoa. 

Parque Nacional 
A 12 quilômetros da cidade, o Parque Nacional de Tierra del Fuego oferece 40 quilômetros de trilhas em quase 70 mil hectares de área. Não faltam vistas de tirar o fôlego, como a do Lago Acigami. Um roteiro simples pode ser feito apenas pagando a entrada, 130 pesos (R$ 27), mas vale a pena contratar um guia para ter comodidade e escolher uma trilha de acordo com seu preparo físico. Há também a possibilidade de entrar no parque com o Trem do Fim do Mundo, que percorre os últimos sete quilômetros do trajeto que era realizado por presidiários enviados para a região. O trajeto todo leva 1h45 e há três saídas diárias - custa 690 pesos (R$ 145), ida e volta.

Fonte: Agência Estado